sexta-feira, 24 de junho de 2011

Tecendo Sonhos Efigênia Coutinho














Tecendo Sonhos
Efigênia Coutinho


Há de juntar outras mãos de poesia
Afastando toda qualquer nostalgia
Nos enchendo do mais puro prazer,
Do tanto que poesia, nós amamos tecer.

E no tear de rimas a encantar a vida,
Vou tecendo a história mais querida
No encontro das emoções sentidas,
A se perpetuarem nas poesias lidas.

E no jogo de cada palavra escrita,
Anuncia o que no meu coração palpita
As rimas se fazem em rica melodia
Num cantar que expressa minha alegria.

E as mãos se juntam a escrever o sonho,
Que se concretiza no meu ser risonho,
A embalar festivo todo o ser que clama
Com amizade que ascender proclama!

Maio 2011 - BC

18 comentários:

Jorge Sader Filho disse...

Teceu bem o sonho!
Não sei qual o motivo, mas a penúltima estrofe agrada por demasia.
Excelente, Efigênia!

Beijo

Jorge

Carmem disse...

Maravilhoso esse tear que propicia tantas rimas, num jogo de palavras maravilhoso.

Bjs lambuzados de poesia

As Tertulías disse...

AMEI!!!!!!!!!!!!! que maravilha... tecendo sonhos...

Pablo & Florbela disse...

NÃO SE ESQUEÇA DE SER FELIZ"
Feliz...Feliz... Arriscar à Fazer, para Viver Feliz !!!!

Pablo Neruda

Beijos e o meu carinho......M@ria

Eloah disse...

Passei por aqui.Agora sou sua nova seguidora." Mãos se juntam para escrever poesia".Pura sensibilidade.Adorei.Felicidades querida e na tua alma a eterna primavera.
Deixo aqui meu convite para conhecer meu cantinho poético.Ah! somos vizinhas, pois moro em Florianópolis.Um forte abraço Eloah

Luzia Lira Pedagoga disse...

Adoro poesias. As suas me encantaram.


Bjos Luzia Lira

Karen Laissa disse...

Não sei se um dia escreverei tão bem e com tamanha sensibiladade, como essa que chegou a marejar-me os olhos. Parabéns querida, eu que amo ler palavras quem vêm da alma, adorei seu blog e espero que possa visitar o meu. Adorarei saber que passou por lá.
Beijos.

Nadilce Beatriz disse...

Quantas vezes, rimar nos dá todo o conteúdo para uma grande história.
Rimar com as letras, rimar com as mãos, rimar com a vida...
Unir caminhos e rimar com o Universo.
Grande abraço.
Bjs

LUCONI disse...

Olha minha amiga, fiquei mal acostumada, recebendo teus poemas
por email, que aliás eu gosto muito, sempre me faz um grande bem,
mas devido a isto não vim mais na sua casa, pode me puxar a orelha,
agora não falto mais, vai se cansar de mim. Vim buscar a foto e estou
lendo esta obra prima que teceste,e no entrelaço de palavras fizeste mais uma vez um lindo quadro de amor, beijos e obrigada pela foto.

As Tertulías disse...

Preciosa amiga (e seu talento),
Chapeau.... sim, só isso...
Beijos do amigo
Ricardo

Rabisco disse...

Queremos mais da tua poesia.

Queremos...eu quero...
Quase respiro a sua falta!

Saudades.

http://www.rabiscosincertossaltoemceuaberto.blogspot.com/

Dona Sra. Urtigão disse...

Puxa! Não sei como eu havia perdido a trilha para cá. Agradecida, pelo seu uso das palavras para a beleza, para alimentar os sonhos, abrir caminhos, e mostrar que os sonhos podem vir a ser realidade,

RUTHY disse...

Un poema que traduce vuestro espìritu de uniòn y confraternidad poètica...todos tejemos junto a ti,los sueños expresados en " poesìa ".
Desde mi lugar,te digo.GRACIAS.

Beki Bassan - Marcial Salaverry disse...

Cara Efigênia, é com muita alegria
que estou navegando neste blog. Cada poema nos desperta a
uma magialinda. Como em um de seus poemas vc mesma escreve "no tear de rimas a encantar a vida" é assim que estou me sentindo
ao ler estas poesias. Já estou aqui algum tempo e não tenho a menor vontade de sair deste
jardim florido.
PARABÉNS!
Com carinho,
Beki

Corpo-Alma disse...

ADOREI VIR AQUI E CONHECER UM POUCO DESSE SEU TRABALHO POETICO MARAVILHOSO... PARABÉNS!!!

Teresa Cordioli disse...

Estive aqui e deixo um beijo.

Meimei Corrêa disse...

Você é maravilhosa no que escreve, no que faz e no seu existir, amiga... ainda não tinha percorrido suas páginas por aqui, estou encantada... beijos e meu carinho.

NeusaMarilda_Lavienrose disse...

Vim aplaudi-la aqui também,já o faço na Avspe e neste espaço também encontrei pérolas poéticas.Abçs.