segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Loucuras de Amor










Loucuras de Amor
Efigênia Coutinho


Em versos estarei eu,
Cantando nosso esplendor
Entre as brumas da paixão
Meu corpo no teu,
Em erótica emoção...
Clamando de amor.

Num encantamento sensual
Sonhamos, entregamo-nos
Na devassidão da libido
Em delírios sem igual.
Buscando, extasiando-nos...
É o amor jorrando.

Amados e amantes cientes,
Tu e eu assim,
Na entrega do momento,
Destemidos, envolventes,
Numa loucura sem fim
Envoltos no sentimento.

Numa eclosão existimos
E nossas almas se fundindo,
Abastecidas de prazer...
Assim ao tempo elidimos
E nossos corações sorrindo...
Para no amor permanecer!

Balneário Camboriú
Janeiro 2010

24 comentários:

Caio Fernandes disse...

fantastico Efigenia !!!

Victor Gil disse...

Amiga Efigénia.
Nada melhor que uma loucura de amor. Eu gostava de cometer uma loucura assim um dia destes.
Beijos querida amiga
Victor Gil

Sonhadora disse...

Lindissimo poema, cheio de louca paixão...muito lindo.

Beijinhos
Sonhadora

Multiolhares disse...

Quando as almas se tocam o verdadeiro amor sorri.
beijinhos

Ana Martins disse...

M A R A V I L H O S O Efigênia!

Beijinhos,
Ana Martins

Sonia Schmorantz disse...

Lindo este poema, Efigênia!
beijo

João de Sousa Teixeira disse...

Ousado? Não! É mesmo assim, não é?

Beijinho
João

rendadebilros disse...

o amor é sempre belo, mais ainda nestas palavras.
obrigada pela visita.
beijos.

Tertúlias... disse...

Que coisa mais linda... e sentida! Voce anda muito bem, hein????? Na entrega do momento...

manuel marques disse...

Perdoa-se tudo aos amantes...

Beijo.

RETIRO do ÉDEN disse...

Bonito mesmo quando o AMOR é abençoado por Deus.
Obga. pela visita ao nosso modesto "retirito".
Forte Abraço
Mer

Cleo disse...

Oi Efigênia! sempre gostoso passar por aqui.
Beijos no coração.
cleo

tossan disse...

Efigênia, cada verso seu a emoção de ler se torna maior..Belíssimo!

Estive em Santa Catarina...Na Ilha em março vou voltar. Em Camburiú também depois de muitos anos.

ellen disse...

Quanto amor neste poema....dificilmente ele desaparecerá! Será eterno...

Beijinho

LUCONI disse...

Que cantinho mais lindo que tens, e com que sensibilidade escreve teus poemas, ao lê-los sinto a emoção que estavas no momento que os escrevia, nossa muito lindo, parabéns poetisa, beijos Luconi

Autodidacta Jorge Campos disse...

Para Efigênia e Quelhas

(Ontem e Hoje)

Ontem tinha um coração forte e cheio como uma Lua em Agosto. E corria e gritava em voz alta como um pequeno menino entre os campos do meu País onde descobria a beleza da Natureza.

Este latido do coração em voz alta muitas vezes, devido à alegria, dor e tensão física, mas nunca tão forte como quando a vi pela primeira vez, uma pulsação forte que fez calar tudo como se o tempo se tivesse congelado, como todos os sentidos do Mundo tivessem concentrado nesta criatura…

A este coração que amo sem lógica, sem limites, sem cauções, usando a força e emoções por inteiro: Como se alguém cantasse a canção embriagada do Amor, cheia de ritmos frenéticos, os ritmos da dança da vida…

A vida nunca pára de mudar. Por estas mesmas razões, às vezes podemos sofrer profundamente o desejo não cumprido, os sonhos não realizados, amantes enganadores, amizades que morrem, a gente que se vai! E nós que nos esforçamos para descobrir tudo sobre todos e o abismo de consistência de tantas outras almas. Bofetadas, gretas, dores e rasgos, o coração parece estar em pedaços. Pergunto-me se é possível este mesmo funcionar outra vez, se é possível esbofeteá-lo outra vez com alegria, vitalidade e optimismo…

Assim coleccionando os pedaços do meu coração e juntando-os. O que a vida me ensinou a amar, sem causar danos, seguir vivendo mais forte, a vida com experiências ricas ensinou-me a chegar mais perto da outra gente e que as nossas historias teem tantas coisas em comum. È estranha, mas è realidade que um coração quebrado pode amar mais perfumadamente. As gretas trazem-nos o significado da existência das nossas vidas, como estas gretas abrem caminhos que unem os corações humanos, caminhos que se tornam possíveis e permitem viajar pelo poder do Amor... O Amor que se produz em todos os corações, permite-nos curar e ganhar como um só!

Jorge Campos

virgínia além mar vicamf disse...

querida Efigenia, Poeta das paixões fulgurantes,
viajar por teus versos é redescobrir caminhos do insconsciente ,
bjs desta tua leitora fã e eterna aprendiz virgínia além mar

Autodidacta Jorge Campos disse...

Caricima Efigenia,acabei de ler o seu cumentario e sò me resta agradecer as lindas palavras que me dedicou.Para mim o muito satisfatorio saber que personagens cumo voce apreciem os meus trabalhos...Eu chamu-lhe trabalho mas não passa de um obbi.

Jorg Campos

Sporting Clube de Braga de Zurique disse...

Futebol também é cultura!
Vejam as pegadas dos GVerreiros do Minho...

17ª Jornada Dia 29/01 , 20:45, RTP1 SC Braga vs Sporting

Duh Franzen disse...

Tem premio pra vc no palavras ao vento espero que goste.
Bjos

Póvoa de Lanhoso a contrariar ou no seu melhor! disse...

Olá

P/F Visitem o espaço Cultural com Convidados de Honra e comente...

http://povoadelanhosoacounoseum.blogspot.com/

1 Convidado de honra: Efigênia Coutinho - Poetisa
2 Convidado de honra: Jorge Campos - Escultor artista Plástico
3 Convidado de honra: Chico Bento - Compositor e Poeta
4 Segue-se: Poeta e artista Robótico - Domingos Ferreira

Os convidados estão também a sair nos jornais Gazeta Lusófona e Fri-luso

Esperem pelas próximas novidades!

Visitem o blogue Cultural e Internacional da Póvoa de Lanhoso
Estejam atentos aos Personagens seguintes - Convidados de honra do autor/jornalista "Quelhas"

Se é artista: musico, cantor, DJ, escritor, artista plástico, escultor, ourives, alfaiate, carpinteiro, pedreiro ou outros e transforma obra-prima, comunique-se para inspiracaodoautor@sapo.pt venha fazer parte deste Blogue Cultural, faça parte desta grande família de Personagens Culturais pela Cultura.

MENSAGEM: Passem por favor a mensagem a vossos amigos, sejam colaboradores deste projecto Cultural e de amizade, sem olhar a cores e raças, religiões e caracteres sociais, sejam isentos que, o Mundo precisa de uma moral forte e com espírito de positividade para connosco e com o semelhante.

Um abraço e um Beijinho para todo o Mundo.

"Quelhas" autor do Mundo, porque o Mundo gira á minha volta...

João Carlos Veloso Gonçalves

Stella Tavares disse...

Ah,Efigênia como é prazeroso ler você! Sempre que venho aqui fico um bom tempo, perdida em meio a beleza dos seus poemas.
bjs,amiga.

Rosane Marega disse...

Ola, adorei suas palavras de carinho em meu cantinho do amor, rendo-me a seu talento e a beleza de suas escritas, é MARAVILHOSO tudo o que aqui encontrei.
Parabéns e acabas de ganhar mais uma seguidora.
Deus realmente é maravilhoso e nos concedeu esse encontro para fortalecer ainda mais as escritas sobre o AMOR!
Beijos em teu coração.

Maria Fischinger disse...

Fantasticos poemas. Bello Blog
Maria