terça-feira, 16 de março de 2010

Palavras Nuas

















Palavras Nuas
Efigênia Coutinho


Quem sonha acorda, discorda
Vem frase de língua a falar...
Soltas ao vento, em horda.

Neuma dentro do sonho,
O balancim com andor a vagar...
Imagens dum tempo bisonho.

Ritmo limiar com intenção,
Que as portas de palavras a olvidar.
Sejam abertas com precisão.

Breve pausa sem fachada,
Somente vai o tempo enganar.
Pois ele não tem retomada.

Há ventos ruidosos nos ares,
Revirando tempos a passar...
Não faz vincos similares.

É o tempo duma palavra nua,
Entre dois corpos a sina lavrar...
A vida que em mil cores continua.

Balneário Camboriú
Março 2010

35 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida
Maravilhoso poema, muito profundo.

beijinhos
Sonhadora

Tertúlias... disse...

Há quanto tempo, querida, estava sem te prestigiar. Maior o deslumbre que tuas palavras me causaram... esta tua forca, este teu talento em expressar-se tao bem! Nao posso passar tanto tempo mais de "férias daqui"! Beijo
Ricardo

Pilole disse...

Precioso poema, aunque logicamente me cuesta entender algunas palabras, pero lo intento. Un beso

Rosemildo Sales Furtado disse...

Eis que para alegria de todoas, a boa filha volta ao lar e com um belo poema.

Maravilha minha amiga.

Beijos e fique com DEUS.

Furtado.

RETIRO do ÉDEN disse...

Quase, quase a entrar a nossa Primavera e eis um belo poema, cheio de amor.
Obga.pela partilha.
Mer

Francisco disse...

Amiga querida!
Começar o dia lendo um poema seu, não existe nada mais agradável!
Saudade enorme de vc.
Beijos.

Ademir Antônio Bacca disse...

efigênia, vim conhecer o teu cantinho e gostei de tudo o que vi. voltarei outras vezes
grande abraço

José Carlos Brandão disse...

Efigênia, bonito pensar o tempo da palavra. Acabar vendo a cor da vida.
Abraços.

Multiolhares disse...

Nós sonhamos a dormir , e acordados continuamos a sonhar e quando deixamos tombar palavras ocas sem nexo...

beijinhos

Terra das (Marias) da Fonte ou fontanário, história com histórias... disse...

Poema...

O poema vem da inspiração,
Que se vive em cada momento,
Escreve-se com crença e emoção,
Com alma e pensamento...

Na escuridão da noite,
Talvez me afoite,
Para melhor pensar,
E o silêncio me ajudar...

Até que a caneta ESCREVA!

RosanAzul disse...

Olá Efigência! Como vai??
Mais um poema lindo, como tudo que escreves. Parabéns Poeta! Bom fim de semana!
Beijos com carinho e amizade!
RO

. intemporal . disse...

.

. assim como continuarão também as sílabas tantas e todas que ja.mais Lhe hão.de faltar .

.

. bel.íssimo, o poema .

. bel.íssima, a autora .

.

. o beijo de sempre, de amizade .

.

. paulo .

.

Francisco II disse...

Voltando aqui para convidá-la a conhecer meu novo blog que está substituindo o "Pra Ler no Banheiro".
É http://pensologosurto-francisco.blogspot.com
Espero vc por lá, viu?
Um beijo, amiga!

Guida Linhares disse...

Minha linda Efigênia, sempre encantando com teus versos e presença carismática. Tem uma rosa esperando por vc, no jardim das rosas. Uma semana primorosa. Abreijos, guida

Anônimo disse...

PARABENS PELO TRABALHO MARAVILHOSO... DÁ SATISFAÇÃO VER UM PROFISSIONAL SÉRIO... DIVERSAMENTE DO QUE SE APRESENTA COMO ARTE EM FLORIPA, VEJA O CASO DO BOITATA IN(CAN)DE(S)CENTE... A MEMÓRIA DE FRANKLIN CASCAES DESRESPEITADA POIS USAM O SEU NOME COMO ITEM DE EDITAL... UM GANCHO PARA EMBOLSAR VERBA DO GOVERNO...

Pérola disse...

Beijos amada.
Que poema maravilhoso.
Parabénssssssssssssssssssssss.
Uma linda noite.

Rafael Castellar das Neves disse...

Olã Efigênia!

Seu texto é vivo e suas palavras muito bem propostas!

[]s

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Amiga.

Palavras assim
revelam-nos de modo pleno,
sem disfarces
ou fantasias.
Poemas com estas palavras,
são intensos
e tendem a tornarem-se eternos.

Que teu coração seja sempre casa de alegria.

Tertúlias... disse...

Efigenia, já fostes? Queria que voce ouvisse os meninos cantores de Viena (minha atual postagem) antes de ir...

jefhcardoso disse...

Olá! Sou Jefhcardoso e sigo o “Quando era pequeno acreditava que podia voar, cresci descobri a música!”, que é do músico poeta Mateus Araujo. Ali encontrei o seu contato no quadro de seguidores e achei que seria uma oportunidade de divulgar o meu http://jefhcardoso.blogspot.com onde publico os meus poemas, crônicas e contos.
Espero não estar incomodando com este convite de divulgação, se acaso desagradar queira desconsiderar, porém, se acaso interessar faça-me uma visita e terei prazer em retribuir.

Abraço: Jefhcardoso.

Pérola disse...

Uma feliz Páscoa.
beijokas.

RETIRO do ÉDEN disse...

Desejos de uma Santa Páscoa
Abraço
Mer

POETAROMASI disse...

SANTA PÁSCOA, votos do teu sempre amigo,
Rogério Martins Simões

Domenico Condito disse...

Neste dia de Páscoa, gostaria de desejar a você muita paz e harmonia.

Domenico

Stella Tavares disse...

Lindos versos,Efigênia. Como todos os seus. Adoro ler os seus poemas! Hoje passei também para te desejar uma Feliz Páscoa!
Bjs

Ricardo Kersting disse...

"Quem sonha acorda". É verdade Efigênia, somente quem sonha pode tomar nas mãos o destino de seu acordar. Sem sonhar o ser humano não seria nada.
Belo poema, muitas possibilidades.
Beijos..

J. Araújo disse...

Vim deliciar sua poesia.

Bj

Rabisco disse...

Olá Efigénia!
Muito bonito este poema...gostei mesmo muito...cada palavra, cada rima, cada sentido!
=)

Beijinhos

miguel trancoso disse...

incrível, incrível!! poema para apertar os olhos e deixar as palavras testemunharem o prazer de viver... isso no pensamento, isso na esteira momentânea do sabor da sua poesia, efi você é demais, você é dez.

Dalton França disse...

Quem sonha acorda, e concorda que sua poesia intensifica-se para a vida continuar.
Parabéns, Efigênia, por desnudar as palavras com tamanha sutileza.
Grande beijo!

Poesia...Poesia disse...

Há ventos ruidosos nos ares,
Revirando tempos a passar...
Não faz vincos similares.

É o tempo duma palavra nua,
Entre dois corpos a sina lavrar...
A vida que em mil cores continua.

Lindos versos ......ameiiiiiiiiii

Obrigada M@ria

Nadine Granad disse...

Belo!
As palavras sem ornamentos... saem como são...

Abraços =)

victormanuelguzman@yahoo.com disse...

Felicitaciones el poema es una descripción fantástica para saborear el don de la poesía.
Escritora de talento y ensoñaciones que hace engrandecer la poesía brasileña.
Con mi afecto y admiración
Víctor Manuel Guzmán

sogueira disse...

As cores da vida plantadas num belo poema em plena manhã de domingo na Fortaleza, lendo seu blog maravilhoso. Abs.

CANTINHO FELIZ! disse...

Oi menina...que lindas palavras me disse no meu "humilde" blog...Fiquei feliz por demais com sua visita, volte sempre, pois estarei te esperando no meu CANTINHO FELIZ!!!
Um abraço. Obrigada!