segunda-feira, 5 de maio de 2014

Murmúrio que me abundo













Murmúrio que me abundo
Efigênia Coutinho

Um dia você deu-me tua alma louca
Hoje Futurecida me consome
Será que sonhando o meu nome
Vais gritando por toda tua boca!

Desejava-me sempre por perto
Por cima do teu corpo descoberto
Ouvindo melodias sobre o luar
Dormíamos sobre as ondas do mar.

Dentro do teu sonho pairando
Apenas o Luar clamando
Agito-me de novo em teu ninho.

De viver , sonhar e poder Amar
Neste murmúrio que me abundo
Durmo um sono mais profundo...

Julho 2009

22 comentários:

Alvaro Oliveira disse...

Olá amiga Efigénia

Lindo soneto que adorei, como sempre, adorei ler sua poeria.

Amiga, a partir de agora tenho o meu problema de acesso aos blogs
resolvido. Foi só substituir e
Explorer8 pelo Explorer6 e tuco
se solucionou. A versão 8 do Expl
não funciona.

Um beijo

Alvaro

BAR DO BARDO disse...

Ai, o amor...

é tudo, né?!

Felicidades, EfigÊnia!

Cadinho RoCo disse...

No fundo do sono profundo o sonho raso de instantes mergulhados na intimidade do ser.
Cadinho RoCo

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Efigênia! Como sempre inspirada e criando maravilhas.

Beijos,

Furtado.

Davi Machado disse...

Singelo soneto! linda composição!
és de um patamar inalcanável, isto a meu ver.
és sempre uma boa leitura, muitíssimo agradável!

abraços! ^^

Osvaldo disse...

Oi, Efigênia;

Como sempre o imenso prazer de visitar este maravilhoso blog e consumir tão bela poesia.

"Murmúrio que me abundo" é o tipo do poema que nos exige concentração para o compreender e termina-mos por nos deliciar com o que a Efigênia nos oferece.

bjs,
Osvaldo

João de Sousa Teixeira disse...

De forma mais prosaica lhe direi:

POSSÍVEL POEMA DE AMOR





Vamos amor mandar
o envelope com o rótulo
dentro

ficamos amor habilitados
como tu amor ficaste
quando passaste e me tocaste
à campainha

nós amor sem penas
e as asas
bem coladas ao tecto
concorremos amor
com os pés da igualdade

e temos amor possibilidade
de fazer amor
noutra alcatifa

Bom dia
João

manuel marques disse...

A sua poesia é linda querida amiga.

Beijos.

RosanAzul disse...

Olá Efigênia! Nobre como sempre teu versejar! Lindo soneto!
Parabéns! Beijos Luz! RO

RETIRO do ÉDEN disse...

Amiga,

Mas que lindo soneto, não menos linda a foto que está uma maravilha!

Bem-haja por partilhar connosco tamanho talento e beleza.

Forte abraço,
Mer

Lilian Pavan disse...

Efigênia,

Amei seu blog!
Gostaria de uma dica sua. Como posso trabalhar poesia numa sala de aula?

obrigada,

;-)

João disse...

Teu canto é maravilhoso. Adorei te encontrar e poder ler tão belas palavras.

Agradeço tb seus doces comentários.
Obrigado.

Pena disse...

Admirável Amiga:
As palavras doces do seu poema falam com uma fluidez impressionante de pureza e fascinante beleza.
Notável. Genial. Encantador.
Deve ser uma pessoa extraordinária. Só concebe encanto.
Que delícia fabulosa o seu sentir perfeito.
Parabéns sinceros. Fantástico. Ímpar. Delicioso.
Com todo o respeito e estima que merece a sua amplitude, grandeza e fascínio.
Beijinhos de amizade.
Deslumbrado e enternecido pela sua magia em versos talentosos e preciosos...


pena

OBRIGADO pela sua amizade que preservo.
Bem-Haja, doce amiga.

Poetíssima disse...

Incrivelmente lindo...

Jussara Bolsanello disse...

Ei... Passei p fazer uma visita e não posso deixar de te parabenizarr!!!! LINDOOOOO!!!!
PARABÉNS!!!

Dan disse...

Lindo, simplesmente...

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Dormir no acalanto de braços amados é a suprema realização!!!

Belo,muito belo!

Um beijo!Sonia Regina.

Guilherme R. Fauque disse...

Lindo! As tuas palavras são um bálsamo para a alma!

Pena disse...

Doce Amiga:
Um poema que maravilha e encanta.
Sensível. Lindo, como você é linda.
Desculpe, vim reler. Não consigo ser indiferente ao seu gigante talento poético.
Com todo o meu mais sincero respeito e estima.
Sempre a admirá-la e fascinado por tanto encanto que "respira" no que faz fabulosamente.

pena

Bem-Haja, sensível e linda amiga.

Rabisco disse...

Existem sentimentos que ficam para sempre, não é mesmo?
Aconteça o que acontecer, passe o tempo que passar...

Gostei muito do poema! Muito mesmo!

Beijinhos

Gaspar de Jesus disse...

"...Dentro do teu sonho pairando..."
LINDOOOO
Parabéns Efigênia, pelo Poema e pela escolha da Foto.
Bjs
G.J.

Olavo disse...

Neste mês de agosto o blog esta em comemoração
E te convido a partipar durante todo o mês com a gente..
E para começar tem selo comemorativo lá no blog..
Abraço.