quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Fruto Amor















Fruto Amor
Efigênia Coutinho (Mallemont)


Pela estrada triunfal de uma ambição suprema,
Eu, Musa, cujo ardor nenhum perigo abate,
Subo alto cume, avisto o apetecido emblema,
Em pedra perfulgente e de fino quilate!...

Sedenta de alcançar primoroso gomo,
Contra empecilhos mil garbosa me debato,
E vou, com passos firmes e paciência extrema,
Aos braços da esperança, o destemido vate!...

Embebida de consistente clorofila
Que em minhas fundas células se instila,
Meu ser completamente se transmuta:

E é verde meu Ideal, é verde meu Amor,
Meu gosto pela Vida, meu incontido Ardor,
sou, Caule, Folha, Flor e Fruto do teu Amor!

Balneário Camboriú

56 comentários:

J. Araújo disse...

Olha eu aqui de novo.

Vim conferir sua poesia.

Bjs

Guilherme R. Fauque disse...

Estou ficando viciado na sua poesia - rsrsrsrsrs.

Adorei.

Beijos

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Efigênia! Passei para apreciar essa pedra brilhante e de fino quilate. Lindo! Profundo! Parabéns!

Beijos,

Furtado.

Pena disse...

Oh, Maravilhosa e Deslumbrante Amiguinha preciosa e Poetiza:
Que lindo poema de maravilhar e enetrecer.
"...Embebida de consistente clorofila
Que em minhas fundas células se instila,
Meu ser completamente se transmuta:

E é verde meu Ideal, é verde meu Amor,
Meu gosto pela Vida, meu incontido Ardor,
sou, Caule, Folha, Flor e Fruto do teu Amor!..."

Faço-lhe uma vénia sensível e encantada pelo seu imenso requinte num bom gosto poético arrebatador e puro.
"Isto" é lindo demais.
Extraordinário versejar de sonho.
Adorei! Magistral.
Silencio-me perante a grandiosidade e majestade do seu encanto em versos admiráveis.
Com respeito e estima.
"Carradas" de beijinhos amigos...

pena


OBRIGADO pela simpatia e amabilidade expressos no meu "cantinho".
Bem-Haja, doce poetiza amiga.

Sandra disse...

Como vc. também é seguidora desse cantinho venha lhe trazer...
Venha buscar seu selo no endereço abaixo. Mas não se esqueça de passar pelo o Curiosa. Tem um tema bem legal.
Um grande beijo.
http://sandrarandrade7.blogspot.com/
Sandra

Jorge Vieira Cardoso disse...

poesia em crescendo, fruto de amor desmedido!

Adorei!

beijo terno...

Conceição Duarte disse...

Eugênia que coisa maravilhosa te ter no meu blog, muitíssimo obrigada por seu carinho. Lí sua primeira poesia e gostei demais. MUito lindo o final dela, além de toda ela... Mas ser o caule, folha, flor e fruto do teu amor, é simplesmente maravilhoso!
Tenha ótimo final de semana, um beijo grande, CON

007BONDeblog disse...

Efigênia

Boa noite

Lindíssimo o blog, um espaço acolhedor onde se respira bela poesia.

Um abraço e grato pela visita

RETIRO do ÉDEN disse...

Amiga Poetisa,

Começamos por agradecer a HONRA de sua visita e comentário no "retirito".

...sou o Caule, Folha, Flor e Fruto do teu Amor!

...sou a Árvore frondosa que dá protecção e força vigorosa!

Lindo poema, bem-haja.

Abraço
Mer

Helena disse...

Que linda a sua poesia, e sempre tão inspirada em sentimentos profundos. Adoro!
Tive dificuldade em publicar o seu comentário, no meu blogue, então optei por copiar e colar em novo comentásrio (anónimo) peço imensa desculpa, mas foi a primeira vez que aconteceu e como não sabia como fazer... e assim já deu.
Agradeço muito a ternura das suas lindas palavras ácerca dos meus poemas. Obrigada.
Um beijo
Com amizade
Helena

Vieira Calado disse...

Assinalo um soneto muito bom

muito bem escrito.

Cumprimentos meus

Alvaro Oliveira disse...

Amiga Efigénia

Uma das maiores belezas
que já li na sua poesia.
Extremamente belo.

Beijos

Alvaro

Ana Martins disse...

Muito lindo este soneto Efigênia, parabéns!

Beijinhos,
Ana Martins

Sidney Ramos disse...

Efigénia,

Obrigado antes de tudo e ganhei meu dia, agradecido que fiquei com o comentário e sua nobre visita.
Nesta "estrada trinunfal de ambição suprema" "aos braços da esperança" mora o ideal, o amor e o incontido ardor...
Beijos e abraço.

©tossan disse...

A tua poesia me deixa feliz! Beijo

RosanAzul disse...

Teus versos como sempre a cantar e encantar Efigência! Sempre é um momento especial ler teu versejar!
Maravilhoso soneto, parabéns! Beijos Luz!RO

Frassino Machado disse...

Querida amiga Efigénia,
este teu soneto está na linha dos bons Sonetos alguma vez escritos em língua portuguesa. Gostei bastante da grande qualidade que soubeste imprimir na conjugação das palavras. Tudo muito bem concertado... Parabéns! Também tenho estado de férias, pelo interior de Portugal. Mas não me esqueço de ti. Todas as vezes que posso dou asas soltas à saudade de nós!!! O poetAmigo que nunca te esquece jamais
Frassino Machado

Poetíssima disse...

Belíssima...!

RETIRO do ÉDEN disse...

Amiga poetisa,

Venho desejar-lhe uma excelente semana.

"Saboreai e vede com O Senhor é bom."

Abraço forte
Mer

Léo Metallica disse...

A união dos frutos da natureza como uma dádiva dado aos humanos que na terra caminham, é tal amor e elo entre nós humanos e a mãe terra.

É esse amor "transmutado" em frutas da qual não podemos desperdiçar... ao desfrutar de tal "amor" devemos sempre agradecer do fruto que da terra nos é ofertado.

Ao passo que temos também de analisar o fato do paralelo de algo gostoso como a busca por uma fruta e a busca por uma pessoa, ao apreciar, degustar e porque não devorar uma pessoa amada.

Ví dois aspectos diferentíssimos no seu texto, que ao meu ver foi ambos válido.

Direto do Rio.
Beijos.

Zilda Santiago disse...

Lindíssimos poemas,emoção pura em todos.O Murmúrio que me abundo é deslumbrante também.Grande beijo amiga.

Davi Machado disse...

Um soneto perfeito em tom, em canto, em sentimento!
uma poesia!
tanta força há em teu verso!!

João disse...

Perfeitas palavras, como sempre!

Francisco Vieira disse...

Que bonito poema, Efigenia...
adorei! obrigado pela partilha
um beijo ternurento para si

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Sua poesia é perfeita!!

Parabéns!

Um beijo!Sonia Regina.

Andresa disse...

Passei por aqui, e me encantei com suas belas poesias

Um abraço
Sua nova amiga
Andresa Araujo

poetaeusou . . . disse...

*
eu quero
montes de cerejas,
em morangos feitos vida !
,
o teu poema é belo,
entrega total á vida,
,
*

Pilole disse...

Bonitas palabras y deliciosa fruta, está para comerse. Un abrazo

. disse...

André Agui.
Tua sensibilidade poética é fora do comum Efi(gênia).

Beijos!

Dan disse...

Oi Efigênia,

Tem um premio para você no meu blog. Passe lá.

Abraços

Dona Poesia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dona Poesia disse...

Hum...a viagem tem lhe feito bem, pelo que vejo! E dá-lhe clorofila, mulé!
Estou brincando, mas percebe-se que vc está muito feliz e inspirada. Que bom!
Eu nao viajei nessas férias, estive dodói, mas a nuvem escura está passando. Se Deus quiser também quero passear, no fim do ano. Vou tirar o atrasado e viajar muito na clorofila, viu??
E viva o amor e a poesia!
Beijos mil e obrigada por se lembrar de mim, é uma honra ser sua colega virtual.

Dalton França disse...

Sua poesia é um grande e lindo pomar, Efigênia.
Parabéns por nos proporcionar momentos de doçura e amor!
Um beijo.

Everson Russo disse...

Belissimo poema, ando definitivamente procurando esse fruto do amor...agradeço de coração sua visita e as palavra no Livro deixadas, um lindo final de semana e um beijo na alma...

RETIRO do ÉDEN disse...

Vimos desejar um excelente fds. com muito amor em Cristo Jesus e Sua Mãe Maria.

Abraço
Mer

Ricardo Calmon disse...

Amadérrima Efigênia,quantos girassois em humanas formas voce tributando,feliz fico poeta nossa em ver brotar o que voce semeou em campos seus de girassois poemas !

Bzu mãos suas!

Viva Vida!

O Profeta disse...

Ah mas esta calmaria aprisionada
Sobe ao celeste um frio arrepio
Entre o mar e as negras pedras
Vive um coração de onde escorre um rio
Onde moram sereias douradas
Onde os peixes falam de amor
Onde as pedras são felizes
Onde as águas lavam o rancor


Boa fim de semana


Doce beijo

Gaspar de Jesus disse...

Parabéns Efigênia por este belo poema.
Mantenha esse gosto pela vida minha amiga.
Bjs
G.J.

Selu disse...

Muy lindo tu blog. Muito obligado por tu visita.

Luciano Fraga disse...

Amiga, reafirmo, nunca é tarde.A vida gira, muitas vezes lentamente e em sua perfeição, no momento certo somos agraciados, assim sinto-me agora ao poder ter acesso a tão maravilhosa poesia e é verde, madura,contém todas as estações, cheia de futuro e esperança, grande abraço, voltarei certamente.

Je Vois la Vie en Vert disse...

"E é verde meu Ideal, é verde meu Amor" são palavras que podiam eventualmente ter saído da minha boca simplesmente mas que sairam da sua mão com muita beleza e poesia !

Beijinhos da

Verdinha

Márcio Ahimsa disse...

Oi Efigênia, bom dia!

É bom ler-te aqui também, com teus versos verdes, teus rimas cheias de sede de viver...

Beijos, bom domingo!

Cadinho RoCo disse...

Ao amadurecer o amor oferece doçura inigualável.
Cdinho RoCo

Luis F disse...

Um espaço sempre repleto de boa poesia e de sentimentos

Parabens

Luis

tertulías disse...

Estou com saudades da queria Efigenia!!!!!!

Pena disse...

Deslumbrante Amiga:
Um poema doce de fascínio, onde o enternecimento e a dedicação carinhosa e pura vivem em comunhão de adoração.
Perfeito, amiga.
Sempre a admirá-la e a respeitá-la

pena

Encanta, a sua imensa significação poética fabulosa.
Bem-Haja!

Eurico disse...

Belo soneto. Parabéns por mais esta pepita de ouro, com que ornas o teu blogue.


Abraço fra/terno.

Everson Russo disse...

Um beijo carinhoso a ti e uma linda semana....muita poesia na alma.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Voltei,reli e me encontrei:

"Contra empecilhos mil garbosa me debato,
E vou, com passos firmes e paciência extrema,"

Maravilhoso!

Beijos e obrigada pelo carinho!

Sonia Regina.

Anônimo disse...

Fruto Amor, simplesmente maravilhoso. Parabéns.

Luiz Rogério de Carvalho disse...

Fruto Amor, simplesmente maravilhoso. Parabéns.

ellen disse...

só já por si a fruta encanta... e com a escolha desse soneto mais encanta :)
Beijinho para si

Nilson Barcelli disse...

Excelente soneto querida amiga.
Frutos assim, são bem apetecíveis...
Um beijo.

Rabisco disse...

Olá Efigênia!
Muito bom este poema...mesmo!
A certa altura fez-me lembrar o interior de uma romã...haverá fruto mais perfeito?

=)

Beijinhos

Sidney Santborg disse...

Olá Efigênia! Estou maravilhado com suas poesias... Descobri você através do seu comentário em meu blog, fiquei muito feliz! Parabéns pelo seu talento, pelo blog e por todo seu empenho e dedicação nessa arte de escrever e transcrever sentimentos... Grande abraço!

Sidney Santborg

SkyStar disse...

Olá Efigénia, pois é, cá estou de novo para aplaudir poemas tão belos.
Parabéns e obrigada por nos brindar com tanta doçura.
Beijinho com carinho no seu lindo coração.
SkyStar